7 carros ideais para venda em tempos de crise financeira

“Brasileiros não desistiram de comprar carro em 2020‘’ Essa é a informação que estampa...

Brasileiros não desistiram de comprar carro em 2020‘’. Essa é a informação que estampa muitos jornais e portais econômicos, apontando a um dado interessante para o mercado automotivo. No entanto, existe um detalhe que merece a sua atenção: os carros crise!

Em um período de retração econômica, os consumidores adotam uma postura mais defensiva, fazendo o possível para diminuir seus gastos. É nesse cenário que os carros crise ganham destaque no mercado, liderando as vendas e se mostrando como as compras mais racionais do momento. Veja!

As prioridades em tempos de crise

Durante uma crise, o consumidor entende a importância de deixar algumas preferências de lado, como estética, esportividade, tecnologia e luxo. É por conta disso que outros fatores ganham destaque, como autonomia, economia, espaço e durabilidade.

Mas, além disso, também é importante entender por que o brasileiro segue em sua jornada de compra. Como todos sabemos, a pandemia impactou as vendas automotivas no início do ano, mas esse cenário está se revertendo rapidamente.

E, afinal de contas, por que o brasileiro ainda compra carro em plena crise? Basicamente, por dois motivos. O primeiro é que os consumidores continuam precisando de veículos, inclusive, por já carregarem o objetivo dessa compra mesmo antes da pandemia.

Já o segundo é mais peculiar: a própria pandemia estimula essa compra. Por conta do coronavírus, os consumidores estão cada vez mais interessados em soluções que evitem o transporte coletivo. E qual o melhor meio de transporte particular no mercado? Exatamente, o carro próprio!

Agora, conheça os principais critérios durante essa aquisição!

Autonomia

Como apontamos, períodos de crise exigem uma postura mais defensiva e responsável. É por isso que o cliente equilibra o investimento no carro com a seleção de modelos mais econômicos, com as melhores médias de consumo de combustível no mercado.

Economia

Mas a economia não se resume apenas ao consumo. Um carro econômico deve ser assim em todos os sentidos da palavra, inclusive em termos de revisão. Por isso, os modelos mais procurados durante essa demanda sazonal são os que apresentam bom equilíbrio entre durabilidade e baixo custo de manutenção.

Espaço

Outro fator que as revendas devem levar em consideração é que esse é um período que atrai todos os tipos de consumidores. Durante uma crise, você não lidará apenas com o público tradicional jovem, adulto e solteiro comprando seu primeiro, segundo carro.

Em uma crise, muitas famílias passam por um processo de reorganização financeira, que resulta na readequação de seus custos. Por tal motivo, é comum atender clientes que chegam na loja com veículos maiores e mais caros e desejam trocá-los por modelos menores e mais econômicos.

Por serem do perfil familiar, esses consumidores ainda precisam de espaço para garantir o conforto no deslocamento. É por isso que os carros populares e espaçosos ganham mais atenção do mercado, atendendo quem precisa de capacidade interna e economia de combustível.

Durabilidade

Este é um aspecto complementar à economia de manutenção. A compra de um carro durante uma crise é uma decisão estratégica, realizada justamente para aumentar a qualidade de vida durante o período, e não criar dificuldades.

É por isso que os consumidores se preocupam tanto com a durabilidade dos modelos. Afinal, eles buscam veículos que sejam escolhas lógicas, com mecânica simples, manutenção fácil, baixo consumo e boa autonomia. Na crise, tudo depende da racionalidade das nossas decisões.

É por essa razão que os consumidores renovam suas prioridades, favorecendo as características dos carros crise que, em outras palavras, são os modelos populares. A vantagem disso é que são justamente eles que apresentam a menor desvalorização no mercado.

Os 7 carros crise com melhor desempenho de vendas nesse período

Agora que você entende o “DNA” dos carros crise, chega o momento de conhecer os principais representantes dessa categoria. Acompanhe!

1. Volkswagen Gol

De certa forma, esse é o modelo pioneiro do segmento dos hatches compactos e populares no Brasil, sendo um dos projetos mais bem-sucedidos da VW em toda a América Latina. Seus detalhes:

  • motorização mais econômica 1.0 EA-111 com 76 cv e 10,6 kgf.m;
  • consumo de 11,8 km/l na cidade e 14,9 km/l na estrada;
  • porta-malas de 285 litros.

2. Fiat Uno

O Uno é uma variação do que o Palio já entregava ao mercado, mas com a herança histórica de ser a atualização do clássico Mille, que era famoso por sua economia. Seus detalhes:

  • motorização mais econômica 1.0 Firefly com 77 cv e 10,9 kgf.m;
  • consumo de 13,2 km/l na cidade e 15,2 km/l na estrada;
  • porta-malas de 280 litros.

3. Chevrolet Celta

Assim como o Uno deriva do Mille, o Celta deriva do Corsa, sendo o projeto de baixo custo e praticidade para o consumidor moderno. O modelo entrega a mesma fórmula funcional de todo carro popular:

  • motorização mais econômica 1.0 GM I com 70 cv e 8,8 kgf.m;
  • consumo de 10,7 km/l na cidade e 12,8 km/l na estrada;
  • porta-malas de 260 litros.

4. Fiat Palio

O Palio foi um compacto histórico para a Fiat no Brasil. Com desenho agradável, baixo consumo de combustível, bom espaço interno e um custo reduzido de manutenção. Veja os seus detalhes:

  • motorização mais econômica 1.0 Fire com 75 cv de potência e 9,9 kgf.m de torque;
  • consumo de gasolina de 11,2 km/l na cidade e 13,2 km/l na estrada;
  • capacidade do porta-malas de 290 litros.

5. Ford Ka

Um compacto em produção até hoje, ativo desde a década de 1990. As gerações mais novas conquistaram o mercado por combinar boa oferta de equipamentos a um estilo agradável e moderno:

  • motorização mais econômica 1.0 Ti-VCT com 85 cv e 10,7 kgf.m;
  • consumo de 13,5 km/l na cidade e 15,7 km/l na estrada;
  • porta-malas de 257 litros.

6. Ford Fiesta

Assim como na Fiat, a Ford também apresentava uma disputa interna, com Ka e Fiesta. No entanto, este último é famoso por oferecer melhor qualidade de acabamento e maior espaço interno, além de:

  • motorização mais econômica 1.0 Zetec Rocam com 73 cv e 9,3 kgf.m;
  • consumo de 12 km/l na cidade e 15,9 km/l na estrada;
  • porta-malas de 305 litros.

7. Toyota Corolla

Por fim, o sedã mais robusto do mercado. O Corolla é uma unanimidade global, pois carrega em todos os países a fama de inquebrável, herdando tanto a excelência como a durabilidade mecânica da sua marca, a Toyota. Veja as características:

  • motorização híbrida mais econômica 1.8 2ZR-FXB com 101 cv e 14,5 kgf.m:
  • consumo de 16,3 km/l na cidade e 14,5 km/l na estrada;
  • motorização convencional mais econômica 2.0 M20A-FKB com 177 cv e 21,4 kgf.m:
  • consumo de 11,6 km/l na cidade e 13,9 km/l na estrada;
  • porta-malas de 470 litros.

Para além desses, ainda vale uma menção honrosa a modelos descontinuados há muito tempo, mas que podem ser uma compra interessante para o momento, como o Chevrolet Corsa de 2012, o Peugeot 207 de 2015, o Kia Picanto de 2018 e por aí adiante.

Mas, além de oferecer os carros certos para crise e boas modalidades de pagamento, como o financiamento de veículo, é fundamental que você conte com uma boa estratégia de visibilidade para os automóveis da sua marca.

Então, agora que você conhece os carros crise, aproveite para aumentar a exposição das suas unidades com a OLX. Para entender como podemos ajudar sua loja, acesse o portal e fale com a nossa equipe!

Receba nossos conteúdos em seu e-mail

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.