Carros antigos à venda na OLX: 5 nomes famosos no Brasil

Relembre modelos de automóveis que fizeram história no país.

Fusca branco visto de lado, ao fundo um céu de tom rosa com partes de coqueiros nas laterais da imagem.

No Brasil, existem carros antigos que são totalmente próprios da nossa cultura e se diferenciam muito do que outros lugares poderiam considerar. As razões para isso incluem as especificidades da nossa cultura econômica, aliadas à idolatria nacional ao automóvel.  Se você é um colecionador, um admirador ou alguém que gostaria de ter pelo menos uma dessas relíquias para usar no dia a dia mesmo, saiba que é possível encontrar vários modelos na nossa plataforma. Por isso, separamos cinco nomes de carros antigos famosos e as razões que explicam o tamanho do sucesso de cada um deles no país. Confere só!

Volkswagen Fusca

O Volkswagen Fusca é um dos carros antigos mais conhecidos do mundo. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

O Volkswagen Fusca é um dos carros antigos brasileiros mais lembrados – e o mesmo ocorre em todo o mundo. O compacto é inconfundível, não só por seu design, com linhas arredondadas, mas também pelo barulho de seu motor aspirado a ar. Esse modelo, que já existia na Alemanha, chegou ao Brasil em 1959 e, na época, representava uma grande evolução. Embora possa ser visto como um carro popular, naquele tempo não era tão fácil comprar um.

Em 1986, o Fusca saiu de linha no país, sendo substituído pela Brasília, tecnicamente mais evoluído e com mais espaço interno. Contudo, a paixão brasileira pelo pequeno foi tanta, que ele teve que voltar. Seu retorno foi oficializado por ninguém menos que o Presidente do Brasil, à época, Itamar Franco. Assim, em 1993, o modelo voltou ao país em uma geração que ficou conhecida como “Fusca Itamar”. Depois disso, apenas em 1996 ele sairia de linha novamente. Posteriormente, foi lançado o New Beetle aqui no Brasil, também da Volkswagen. Um carro com design moderno que lembra o desenho do Fusca, mas que, além dos preços elevados, nunca venceu a fama de um dos carros antigos brasileiros mais amados.

Chevrolet Opala

O Opala é um dos carros antigos da Chevrolet mais famosos e também está entre os mais “beberrões”. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

O Chevrolet Opala é um sedã que marcou o imaginário de muitas gerações. Lançado em 1968 e tendo saído de linha em 1992, ele já foi, até mesmo, carro oficial da Presidência Brasileira. A razão é que o modelo era luxuoso e tinha motor potente com acabamento de primeira nos modelos mais completos. Algumas versões que se tornaram mais célebres foram a Diplomata, pelo requinte, e a SS, por ser uma opção esportiva, com faixas decorativas em preto sobre o capô. 

Houve, ainda, a configuração perua, chamada de Caravan, praticamente um membro de muitas famílias no país e uma das versões mais famosas. Em seus 24 anos de história, o “Opalão” teve motores 2.5 de quatro cilindros, e 4.1 de seis cilindros. Em todas elas, é conhecido como “beberrão”, ou seja, consome muita gasolina. Ainda assim, até hoje, o Opala é um dos carros antigos à venda mais buscados no Brasil.

Volkswagen Kombi

O Volkswagen Kombi saiu de linha porque sua estrutura não permitia freios ABS e airbags. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Outro carro antigo que é muito conhecido, é a Kombi, da Volkswagen. Com dianteira “simpática” e espaço para toda a família, incluindo os primos distantes, ela é praticamente uma van de passageiros, embora nunca tenha exigido habilitação especial para ser conduzida. No país, o veículo foi lançado em 1953 e teve nada menos que 56 anos de mercado, deixando de ser produzido apenas em 2013. Se dependesse dos brasileiros, ainda teria continuado, mas a legislação não permitiu. A estrutura da “Velha Senhora” não permitia a instalação de airbags e freios ABS, que se tornaram obrigatórios.

Em sua despedida, a Kombi ainda passou por uma polêmica: a Kombi Last Edition foi lançada pela marca de carros como edição comemorativa de despedida e muitos colecionadores adquiriram a edição limitada a 600 unidades como forma de investimento. Contudo, a Volkswagen decidiu aumentar a produção para 1.200 unidades depois que algumas pessoas já haviam feito a compra, o que, aos olhos dos colecionadores, diminuiu o valor do carro. Ainda assim, a Kombi segue sendo um dos carros antigos brasileiros mais queridos da história.

Volkswagen Passat

Volkswagen Passat de produção nacional é um dos carros antigos baratos que geram mais interesse no país. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

O Volkswagen Passat é menos famoso que outros carros antigos brasileiros nesta lista, mas tem razões para também ser um dos mais queridos do país. Ele carregou o primeiro motor refrigerado a água da marca em nossa história, o que o tornou representante de uma nova classe de automóveis, mais modernos do que os da época.

Em especial, a versão TS, com um motor 1.6 de 96 cv, fez muito sucesso quando chegou ao mercado, em 1975. O modelo permaneceu no país até 1988 com produção nacional. Depois de um intervalo, voltou a ser vendido no país importado da Alemanha, na década de 90. Em 2020 deu outro adeus e ainda não se sabe se voltará às lojas nacionais. Por essas e outras, o Passat de produção nacional se tornou um dos carros antigos baratos mais desejados do Brasil.

Ford Escort

Entre os carros antigos da Ford, o Escort sedimentou sua fama com a versão esportiva XR3 conversível.

Um dos carros antigos da Ford mais relembrados no Brasil é o Escort. Descendente de um modelo europeu, ele foi um dos pioneiros entre os carros de quatro portas no país. Além disso, também trouxe uma versão esportiva, o Escort XR3, com design e desempenho que fizeram muito sucesso entre os consumidores.

Outro destaque do modelo foi uma configuração conversível, feita sobre o esportivo XR3, que se tornou sonho de consumo de toda uma geração. Lançado em 1983, quando a indústria automotiva já estava mais modernizada, ele não deixa de ser um antigo barato e inesquecível. O Ford Escort saiu de linha em 2003 e passou 20 anos no mercado nacional, suficiente para marcar a memória.

Veja também:

Inscreva-se pra não perder nada!