Carros na OLX: os que mais cresceram em vendas no 1º semestre de 2021

Conheça os carros que mais cresceram em vendas em relação a 2020.
capa para artigo sobre os carros com maior crescimento em vendas no 1º semestre de 2021

Com a pandemia, muitos modelos de carros pararam de ser fabricados devido à falta de componentes, principalmente os semicondutores. Com isso, os carros novos não estão suprindo a demanda e, como a oferta está menor que a procura, os preços dos automóveis recém-lançados estão cada vez mais caros. Além disso, o estado de São Paulo,  que possui a maior quantidade de veículos circulando do país, aumentou o seu ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) deixando a situação ainda mais crítica. 

Com esse aumento nos valores, a opção foi optar por carros usados e seminovos, o que fez com que ocorresse um crescimento de 33,2% nas vendas de carros anunciados na OLX no 1º trimestre de 2021 (em comparação com o mesmo período do ano passado). Mas quais os carros que acompanharam essa alta e estão no top 10 desse ranking? Para responder essa pergunta, separamos nesta lista os carros com maior aumento nas vendas dentro da nossa plataforma (1º semestre de 2021 em relação ao mesmo período de 2020). Também destacamos as principais características e diferenciais de cada um deles, confira!

Chevrolet Onix

O Onix 2022 está na segunda geração do modelo. (Imagem: Divulgação/Chevrolet)

O modelo que mais cresceu em vendas na OLX foi o Chevrolet Onix, hatch compacto da marca que vendeu 66,4% exemplares a mais neste 1º semestre de 2021 do que o mesmo período em 2020. Lançado em 2012, esse modelo está fazendo muito sucesso devido a sua grande quantidade de versões que variam de preço e são bem equipadas desde a versão de entrada, ou seja, mais barata. 

O novo modelo 2022 é a segunda geração do veículo e se destaca pelo visual imponente e moderno, ótimas dimensões e desempenho. Além disso, todas as versões já saem da fábrica com 6 airbags e controle de estabilidade e tração. Sua tecnologia rebuscada oferece internet WiFi a bordo, sistema OnStar de segurança, monitoramento e concierge e Central multimídia MyLink 3.

Ford Ka

O Ford Ka se destaca pela autonomia e durabilidade. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Seguindo a lista, em segundo lugar está o Ford Ka com 44% de aumento nas vendas. Mesmo com a saída da Ford do Brasil, o Ka é um dos carros populares e econômicos mais vendidos do país. Além disso, é atraente por seus motores de alta durabilidade, sua manutenção barata e sua autonomia, que é capaz de fazer até 14,5 km/l na estrada.

A quarta geração do Ford Ka chegou ao Brasil em 2014 e seus principais concorrentes são o Chevrolet Onix e o Hyundai HB20. Seus vidros maiores melhoram sua visibilidade e segurança, diminuindo a chance de ponto cego. O bom desempenho está baseado nos dois motores, um 1.0 de três cilindros e até 85 cavalos de potência, capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 10,7 segundos, e atingir velocidade máxima de 181 km/h. E outro motor, 1.5, de até 136 cavalos, capaz de acelerar a 100 km/h em até 9,9 segundos.

Toyota Corolla

O Corolla é o carro mais vendido no mundo.(Imagem: Divulgação/Toyota)

Em terceiro lugar, com 42,1% de crescimento nas vendas neste 1º semestre de 2021, está o Toyota Corolla, o carro mais vendido do mundo. Em sua décima segunda geração, o sedã médio recebeu a plataforma GA-C, que diminuiu o centro de gravidade em 10mm – parece pouco, mas isso influenciou diretamente no design, deixando o modelo mais aerodinâmico e sofisticado. Além disso, é o primeiro carro híbrido flex do mundo, contribuindo para o avanço desse segmento no Brasil; além disso, as versões híbridas possuem oito anos de cobertura, enquanto os comuns contam com cinco.

Apelidado por muitos por “Vovôrolla”, o sedan japonês alterou muito seu visual na última geração adotando um design mais agressivo e imponente. Além disso, seu painel elegante passou a adotar uma nova tela de LED flutuante. Assim, o Corolla é um dos carros mais confortáveis para se dirigir e viajar, porém, o que mais tem chamado a atenção é sua tecnologia de ponta. Ele conta com um novo sistema de segurança que possui piloto automático adaptativo, sistema de frenagem de emergência, alerta de colisão e alerta de saída de faixa com correção ativa.

Saiba mais: Carros híbridos no Brasil: 7 opções entre modelos usados e novos

Honda Civic 

O Honda Civic LX é a versão mais barata da décima geração. (Imagem: Divulgação/Honda)

Ocupando o 4º lugar com 40,4% de alta nas vendas está o Honda Civic. O clássico, que se torna cada vez mais refinado e esportivo, chegou ao Brasil na sua décima geração em suas versões LX, Sport, EX, EXL e Touring esbanjando desempenho com motor 2.0 Flex e 1.5 Turbo de 173 cv; além de trazer 22,4 kgfm de torque a 1700 rpm, ou seja, mais força em menos rotação.

Enquanto o Toyota Corolla, seu maior concorrente e nosso 3º lugar, esbanja tecnologia em sua última geração, o Honda Civic, com seu comportamento dinâmico, traz cabine com mais espaço para as pernas dos passageiros, maior capacidade de porta-malas e freio de estacionamento eletrônico de fábrica. Além disso, o sedan médio se destaca pelos seguintes itens: carregador de celular por indução, sistema de som com 10 alto-falantes e   saída de ar-condicionado para o banco traseiro.

Saiba mais: Honda Civic 2021: preço no Brasil, detalhes das versões e ficha técnica

Ford Fiesta

O Fiesta é um dos carros mais importantes da Ford no mercado brasileiro. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Em quinto lugar, com 34,3% de aumento nas vendas neste 1º semestre de 2021 (em relação a 2020), está o Ford Fiesta que chegou ao Brasil em 1995 e emplacou três gerações. Nesses 20 anos, tornou-se o terceiro carro mais vendido da Ford no mundo. Em 2010 lançou o New Fiesta Sedan e, em 2013, a versão hatch passou a ser produzida no país. O modelo saiu de linha em 2019 com suas versões: SE, SE Style, SE Plus, SEL, SEL Style, Titanium e Titanium Plus; todas com motor 1.6 Sigma Flex e 1.0 EcoBoost.

O New Fiesta 2019, por exemplo, trouxe à versão manual uma boa dirigibilidade e economia; o carro é capaz de fazer 8,2 km/litro na cidade e 10,0 km/litro na estrada com etanol. Já na gasolina, ele faz 12,0 km/litro na cidade e 14,6 km/litro na estrada. Entre seus equipamentos estão o sistema Isofix para fixação de cadeirinhas infantis, faróis e lanterna de neblina, três porta-copos, assistência de emergência, e outros diferenciais dependendo do modelo.

Fiat Palio

O Fiat Palio parou de ser produzido em 2018. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Nossa sexta posição conta com o Fiat Palio, que parou de ser produzido em 2018, mas deixou um legado incrível da Fiat no Brasil que vende até hoje, como é possível ver nas buscas. Com um crescimento de 18,1% nas vendas, o hatch compacto chegou ao país em 1996 com o objetivo de concorrer com o Gol, da Volkswagen, e em sua última geração (2019) oferece três versões: Attractive, Essence e Sporting.

O desempenho da última geração do Palio possui os motores Fire Evo 1.0 com capacidade de até 75 cv, Fire Evo 1.4 com 88 cv e E.torQ 1.6 com 117 cv.  Ele possui 3,87 m de comprimento, 1,67 m de largura e 1,50 m de altura, atendendo seus clientes com seu robusto motor e conforto. Entre seus equipamentos da versão 1.6 estão: o computador de bordo, painel e interior com detalhes em metal, travas elétricas com acionamento na chave, e outros diferenciais.

Fiat Uno

O Fiat Uno é o carro mais vendido da história da Fiat. (Imagem: Divulgação/Fiat)

Com 15,7% de alta nas vendas no 1º semestre deste ano, o Fiat Uno ficou em 7º lugar no nosso ranking. Esse modelo chegou no Brasil em 1984 e foi o carro mais vendido da marca até os dias de hoje. Seu modelo 2021 é encontrado nas versões Attractive, Drive e Way e não teve alterações significativas em relação a linha do ano anterior. O hatch é considerado um bom modelo custo-benefício, já que necessita de pouca manutenção e consegue alcançar 13,2 km/l de combustível na cidade.

O Fiat Uno 2021 possui dois motores, são eles: GSE Firefly 1.0, capaz de fazer 72 cv a 6.250 rpm; e o Firefly 1.3, que faz 101 cv a 6.250 rpm – ambos com gasolina. Além disso, seus pacotes de séries são bem interessantes e atraem o público com equipamentos como controles de tração e estabilidade, e o assistente de partida em rampa.

Chevrolet Celta

O Chevrolet Celta parou de ser produzido em 2015. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Em 8º lugar, com 14,9% de aumento nas vendas, está o Celta, da Chevrolet, que chegou ao Brasil em 2000 com a função de concorrer com o Fiat Uno Mille e, então, entrou na lista dos veículos mais populares do país. Conhecido por seu motor resistente e o conforto de um carro compacto, o Celta parou de ser produzido no Brasil após 15 anos de história para dar lugar à entrada do Onix.

Durante sua história, o Celta teve versões como a Life, Spirit e Super e, na linha 2012, as versões foram classificadas como LS e LT. Na primeira, seu motor é 1.0 VHCE Econoflex com iluminação “Ice Blue”, já a versão LT é disponível apenas com 4 portas e é considerada a mais completa por possuir itens de série como o ar quente e direção hidráulica. Dessa forma, se você quer gastar menos em seguro, manutenção, desvalorização anual e combustível, e ainda ter uma boa performance para um compacto 1.0, pode começar a buscar um Celta.

Volkswagen Gol

O Gol foi o carro mais vendido do Brasil por quase 30 anos.(Imagem: Divulgação/Volkswagen)

Com 12,5% de crescimento nas vendas deste semestre está o maior sucesso da história da marca, o Volkswagen Gol. O modelo surgiu em 1980 e foi o único a superar o número de vendas do Fusca. Seu nome foi criado ao se basear na paixão da população brasileira pelo futebol e no objetivo da marca de possuir carros associados aos esportes como o Golf e o Polo, por exemplo. Ainda hoje, o Gol 2022 é o veículo de entrada da VW com preço mais competitivo para enfrentar seus principais concorrentes: Chevrolet Onix e o Hyundai HB20.

Além do novo visual mais agressivo e moderno, entre as novidades está a nova versão automática e muitos itens de série como alerta de frenagem de emergência, freios tipo ABS com EDB e airbag duplo; além do painel sofisticado com volante multifuncional e comandos de computador de bordo. O veterano hatch da Volkswagen (2022) oferece 3 tipos de motores: 1.0 MT de até 82 cv, 1.6 MT de até 104 cv e 1.6 AT de até 120 cv.

Saiba mais: Gol 2021: preço, versões e análise da ficha técnica

Chevrolet Corsa

O Corsa é o segundo sedan mais vendido do Brasil. (Imagem: Reprodução/Shutterstock)

Em último na nossa lista, mas não menos importante, temos o Chevrolet Corsa com 11,4% de aumento das vendas de carros na OLX em relação ao mesmo período do ano passado. O modelo começou a ser fabricado no Brasil em 1994 e encerrou a produção da sua versão hatch em 2012, enquanto o sedan parou de ser fabricado em 2015. Este último, inclusive, fez sucesso devido ao amplo espaço interno, design atraente, boa capacidade de porta-malas e bom motor.

Em 2014 lançou a linha Advantage, com motor 1.0 Flex de 78 cv e 9,7 kgfm, equipado com itens como alarme antifurto, rodas de liga-leve de 14 polegadas, freios ABS, travas elétricas, entre outros diferenciais.

Veja também:

olx ensina

Receba nossos conteúdos em seu e-mail